Fale Conosco
  • phone
    (11) 3106-3020
  • location_on

    Rua Libero Badaro, 293 Centro - São Paulo

Deixe sua Mensagem

    Empresário, dê atenção à Medida Provisória 936, vêm novas mudanças em 2021! Saiba mais!

    Empresario De Atencao A Medida Provisoria 936 Vem Novas Mudancas Em 2021 Saiba Mais 1 - Contabilidade no Centro de São Paulo | CNC Assessoria - Empresário, dê atenção à Medida Provisória 936, vêm novas mudanças em 2021! Saiba mais!

    Novo programa de corte e jornada de trabalho pode ser liberado este ano

    O Ministério da Economia, de Paulo Guedes, vem sofrendo uma forte pressão por parte dos empresários, segundo informações da Folha, está sendo estudada uma reedição da medida que liberou assinaturas de acordos individuais, para suspensão de contratados ou redução da jornada e de salário dos trabalhadores.

    Podendo então ocorrer uma compensação parcial do dinheiro pago pelo governo, funcionaria como se fosse uma antecipação do seguro-desemprego.

    Os recursos para a edição da medida podem vir do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que é o responsável por custear o seguro-desemprego e do abono salarial.

    Medida Provisória 936

    A MP 936 foi publicada em 06 de julho, a lei 14.020/2020, derivada da conversão da Medida Provisória 936, que tratava da possibilidade de suspensão do contrato de trabalho e redução da jornada, durante a pandemia, e foi estendida até dezembro de 2020.

    Segundo o Ministério da Economia cerca de 20 milhões de acordos foram realizados, entre 10 milhões de trabalhadores e 1,5 milhão de empregadores.

    Como estavam sendo feitos os pagamentos dos benefícios em 2020:

    Suspensão do contrato de trabalho: recebe 100% da parcela do seguro-desemprego, que pode variar de R$ 1.045 a R$ 1.813,03 (exceto no caso de funcionário de empresa com receita bruta superior a R$ 4,8 milhões – neste caso: recebe 30% do salário + 70% da parcela do seguro-desemprego).

    • Redução de 25% na jornada: recebe 75% do salário + 25% da parcela do seguro-desemprego
    • Redução de 50% na jornada: recebe 50% do salário + 50% da parcela do seguro-desemprego
    • Redução de 70% na jornada: recebe 30% do salário + 70% da parcela do seguro-desemprego

    Fonte: Jornal Contábil

    PARA MAIS INFORMAÇÕES ENTRE EM CONTATO CONOSCO

    Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da CNC Assessoria Contábil.

    Atendemos clientes de diversos portes e segmentos em nível nacional, com um know how de longa data e com profissionais pós-graduados especialistas na gestão contábil.

    Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website; caso prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior direito.

    Estamos ansiosos, aguardando o seu contato!

    PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

    0 0 votes
    Article Rating

    Marcadores:

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

      Comentários

      Subscribe
      Notify of
      guest
      0 Comentários
      Inline Feedbacks
      View all comments