Fale Conosco
  • phone
    (11) 3106-3020
  • location_on

    Rua Libero Badaro, 293 Centro - São Paulo

Deixe sua Mensagem

Tipos de Sociedade para Advogados – Qual a melhor?

Escolhaomelhortipodesociedadeparaoseuexerciciocomoadvogado Post (1) - Contabilidade no Centro de São Paulo | CNC Assessoria - Tipos de Sociedade para Advogados – Qual a melhor?

Doutor(A), Não Caia Na Armadilha Da Falsa Segurança Ao Analisar Os Tipos De Sociedade Para Advogados!

Alíquotas (%) podem sair bem mais caras do que valor fixo, e a sua falsa segurança pode acabar te custando o lucro de meses de trabalho, caso não entenda os tipos de sociedade para advogados com precisão!

Caro(a) Doutor(a),

O artigo ao qual você tem acesso conta com dicas instrutivas para que você tenha o conhecimento necessário para escolher um entre os tipos de sociedade simples que melhor se apresenta ao seu escritório jurídico.

Dessa forma, as informações contidas aqui serão suas guias para o sucesso do seu escritório jurídico nos próximos anos.

No entanto, precisamos te alertar que informações financeiras e tributárias são constantemente influenciadas pelo seu faturamento, por suas despesas e pela própria fiscalização vigente.

Sendo assim, vamos começar apresentando quais são os tipos de sociedade para advogado possíveis e como você pode optar por uma delas.

Confira Nossas Especialidades - Contabilidade no Centro de São Paulo | CNC Assessoria

Tipos de sociedade para advogados

Pois bem, como você bem deve saber, advogados não podem constituir sociedade empresarial, uma vez que a profissão jurídica em si não é classificada como comercial, mas, sim, como intelectual – como a medicina, por exemplo.

Desse modo, cabe aos advogados, no objetivo de constituir um escritório para a prestação dos seus serviços, a abertura de uma sociedade simples, a qual pode ser divida em dois modos:

  • A Sociedade Simples de Advogados, sendo a mais comum dentre a área; e
  • A Sociedade Unipessoal de Advocacia, totalmente legal, mas que exige alguns requisitos do advogado que queira atuar por conta.

Sociedade Simples

Desse modo, cabe a sociedade simples a necessidade de possuir um ou mais sócios que exerçam unicamente a atividade de advocacia. 

Para sua concepção, é importante que as responsabilidades e direitos de cada sócio sejam muito bem definidas no contrato social.

No mais, os demais documentos para a abertura de uma sociedade simples para advogados são os padrões a qualquer negócio:

Contabilidade Para Advogados - Contabilidade no Centro de São Paulo | CNC Assessoria - Contabilidade para AdvogadosPowered by Rock Convert
  • CNPJ;
  • Alvará de funcionamento;
  • Licença do Corpo de Bombeiros;
  • Certificação Digital.

Com destaque à necessidade específica de que todos os sócios devem ter a certificação da OAB.

Sociedade Unipessoal

Por outro lado, temos a sociedade unipessoal, que, por sua vez, exige do único sócio o capital social de, no mínimo, 100 salários-mínimos do ano calendário vigente – o que, hoje, dá R$ 104,5 mil.

Outro ponto de diferenciação da sociedade unipessoal para a sociedade simples de advocacia é que, em vez do contrato social, o advogado deverá ter um Ato Constitutivo que, na verdade, serve como uma certidão de nascimento para o escritório.

Atenção ao Regime de Tributação

Mas, vamos focar agora no que realmente te interessa…

Sabendo quais são os tipos de sociedade disponíveis ao seu escritório, o erro que muitos advogados gestores cometem no momento de iniciar a sua atividade é justamente se enganar pela ilusão das abstrações fiscais e financeiras.

Pensar que um processo de apuração em determinado regime de tributação é o mais barato, e assim se manterá ao longo do ano, pode ser muito perigoso, caso você não tenha um acompanhamento fiscal ativo.

Isso porque os próprios regimes de tributação são diretamente afetados por fatores variáveis do seu escritório…

Por exemplo, caso você seja enquadrado no Simples Nacional, mas tenha determinado número de funcionários, pode ter as suas apurações diminuídas, do que em comparação a um faturamento maior, com menos colaboradores – o que envolve o fator R.

Isso, em si, é um exemplo de abstração que muitos escritórios se dispõem, por uma ilusão de segurança financeira e fiscal.

Mas, não existe maneira mais efetiva de manter as suas contas sob controle – e no final do ano ter uma incrível surpresa – do que contar com um profissional especializado em contabilidade para advogados ao seu lado!

Conte com um escritório de contabilidade especializado

Portanto, caso você esteja pronto(a) para entender cada detalhe da sua tributação e, assim, conquistar maiores lucros e eficiência fiscal para o seu escritório de advocacia, entre em contato com um de nossos especialistas agora mesmo, acessando esta página: Contabilidade para Advogados.

Marcadores:

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of